Mapeamento de áreas de risco em diversos estados brasileiros

//Mapeamento de áreas de risco em diversos estados brasileiros

Mapeamento de áreas de risco, estudos de suscetibilidade e apresentação de proposta de intervenções para prevenção dos desastres, para o Ministério da Integração Nacional, em municípios dos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Pará e Minas Gerais, entre os anos de 2012 a 2015.

Deslizamentos e inundações são eventos de graves consequências gerados em períodos de precipitações severas, as quais são recorrentes no litoral brasileiro. Ainda que não se possa evitar a ocorrência destes eventos climáticos, se pode identificar padrões comportamentais do terreno, baseado nas suas características geológicas/geomorfológicas, assim como a presença de ações antrópicas, de modo que se possa elaborar métodos preventivos ou que atenuem os efeitos destrutivos.
Para que se evite a destruição de edificações ou a perda de vidas humanas (ou mesmo que se evite a construção em locais inapropriados) é necessário que estude e se delimite os terrenos (mapeamento) em função da sua suscetibilidade de serem afetadas em épocas de precipitações extremas, colocando edificações em risco de ocorrência de desastres.
Desta forma, este trabalho levantou dados e analisou a vulnerabilidade a desastres naturais de diversas áreas do Brasil, além de ter elaborado mapas de risco e proposta de intervenções para prevenção dos desastres.

By | 2017-09-21T16:32:35+00:00 maio 20th, 2016|Principais Projetos|